Menos renda = Menos poupança

janeiro 9, 2015

O consumo é mais estável que a renda. Ensinam isso na faculdade de economia. Para mim, pelo menos, foi em uma aula de macro 4, quando vi gráficos com o consumo das famílias e com sua poupança ao longo do tempo.

O consumo é suave: acelera ou desacelera aos poucos. A poupança varia de um jeito mais brusco. E faz sentido. Quando a renda cai, as pessoas tentam manter seu padrão de consumo e fazem isso queimando as economias (ou pedindo empréstimos). A queda do consumo é mais lenta que a da renda – e quem absorve a diferença é a poupança.

Se tudo acontecer como os analistas estão projetando, teremos um ano de inflação alta e crescimento pífio.

Com a inflação comendo o salário, muitas pessoas vão queimar suas economias. Outras vão simplesmente parar de guardar (guardar o quê?).

Eu sei, a alta dos juros estimula a poupança. Ela faz as pessoas pensarem três vezes antes de pegar financiamentos para comprar casas ou carros –  mas elas continuam comprando arroz e feijão.

Azar das montadoras de carros – que já começaram a demitir – e das construtoras e das imobiliárias e de quem comprou casa achando que o preço ia subir.

O tal ajuste contracionista – que arruma as contas públicas e segura a inflação – acaba então sendo feito muito em cima do investimento. Sem poupança, não há dinheiro para investir. E, se houver algum, é melhor emprestar para o governo – que paga juros cada vez mais altos.

Não, eu não tenho uma receita melhor.

Repetindo o coro dos analistas: vai ser um ano ruim – e vai ser difícil economizar.

PS. Já li uma boa leva de textos sobre por que os brasileiros poupam tão pouco. Eduardo Giannetti – assessor econômico da candidata Marina Silva – escreveu um livro sobre isso (e artigos sobre como é difícil ter crescimento econômico sem poupança).

Mas não me lembro de ter visto muita gente falar sobre como é difícil poupar quando o aluguel sobe de preço todo ano, quando até o cafezinho sobe de preço o tempo todo. Com inflação alta, é melhor consumir logo, antes que o preço suba (não, eu não vou aplicar o dinheiro do cafezinho em títulos da dívida pública).

DSC02849

Margaret Thatcher, a ortodoxa – estátua protegida por caixa de vidro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: