Pequenos protestos 2

fevereiro 6, 2014

A mascara de Guy Fawkes não está mais na vitrine da Saraiva, no Edifício Avenida Central. Alguém deve ter comprado a revistinha cara (R$ 79,21) que vinha com o V de Vingança anexo.

Mas o responsável pela vitrine não bobeou. Agora, quem passa por lá pode ver uma boa edição de Walden e Desobediência Civil, os dois clássicos de Henry David Thoreau em um volume só, na vitrine.

E, melhor, se a mascara com revistinha era cara, o clássico anarquista americano – no original em inglês – sai por R$ 24,90: até um professor de inglês de escola estadual pode comprar.

O pequeno protesto é duas vezes bom: além de lembrar que simplesmente não fazer o que o Estado manda é uma das formas mais eficientes de revolta, a vitrine ainda nos lembra que livro brasileiro é caro e que comprar o importado ajuda a enfraquecer o oligopólio das editoras tupiniquins.

Mas, sim, é só para quem fala inglês.

Se o perfil dos manifestantes for mesmo o de estudantes de faculdade – como o prefeito do Rio aposta – a Saraiva pode ter mirado bem dessa vez.

PS.: Para quem não está no Rio: ao anunciar o aumento das passagens de ônibus para o próximo dia 8, o prefeito estendeu a gratuidade dos aposentados para os estudantes de faculdade – achando que assim ia estancar as revoltas e protestos contra o aumento. Ideia tosca: os universitários lêem Thoreau. Eu mesmo só não vou lá comprar uma cópia porque já tenho uma.

Thoreau, com leitores  desde 1854.

Thoreau, com leitores desde 1854.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: