A greve na Globo

agosto 11, 2012

A Rede Globo, imaginem, reajusta o salário de seus funcionários pela inflação, todo ano.

Quem vê as matérias sobre as greves de funcionários públicos  – que, na maior parte dos casos, querem exatamente o reajuste pela inflação – pode achar que os globais não recebem aumento nenhum desde 2003.

Mas os diretores de empresa sabem que não dar a inflação geraria, no mínimo, mau humor e, com o tempo, a perda dos melhores funcionários.

Por que, então, a Globo faz campanha para que os funcionários públicos não tenham o tipo de reajuste que ela mesma dá aos seus funcionários?

As matérias no Jornal Nacional não deixam dúvida: o sindicalista é sempre apresentado em pé, no meio da rua, em menos de dez segundos.  A ministra do Planejamento, com a versão do governo, fala por mais tempo, em uma sala tranquila e bem iluminada.

Os barnabés, segundo a Globo, espalham o caos pelo país. O recado é algo como: “Povo, assuste-se com esses manés preguiçosos!”

Não falam que a greve é para repor a inflação, falam em “aumentos”. Não falam que o governo até hoje não recebeu os grevistas com uma proposta, que só mandou cortar o ponto. Não falam que, se tivesse proposto alguma coisa, talvez o governo já tivesse posto fim à greve.

Por quê? Por que amplificam a greve falando todos os dias do incômodo que causa à população? Por que defendem o “não pago” do governo  quando isso só fomenta a radicalização das greves?

A impressão que dá é que a Globo, O Globo e afins querem ver o circo pegar fogo (ou querem apoiar o governo com tanto entusiasmo que talvez o afundem).

PS. No Brasil, poucas pessoas não têm um primo ou pelo menos um amigo de infância funcionário público. Além de muitos, os funcionários estão espalhados por todo o país. Eles se defendem e contam sua versão da história para os amigos. E isso faz alguma diferença – mesmo com o jornal repetindo todos os dias que a greve é um absurdo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: