A resposta sincera da Crescer

julho 21, 2012

Um simples levantamento feito por um blog deixou a revista Crescer, da Editora Globo, numa saia justa nesta semana. O Não era amor, era cilada descobriu que, num período de mais de um ano, todas as edições da publicação estamparam uma criança branca na capa – em grande parte brancas de olhos verdes ou azuis.

Questionada sobre o assunto, a revista saiu-se com a seguinte resposta, segundo o mesmo blog:

Ericka,
tudo bem? Vimos seu post no seu blog, que acompanhamos.
Primeiro gostaríamos de pedir desculpas por tê-la deixado sem resposta, ainda não conseguimos localizar seu e-mail aqui para saber o que aconteceu, já que costumamos sempre falar com nossos leitores.
De fato, faz algum tempo que não temos capas com crianças negras, mas costumamos fazer muitas fotos com crianças de todas as raças em nossas reportagens, como você pode ver em todas as edições da Crescer.
Esperamos continuar tendo você como leitora.
Obrigada,
Daniela

A explicação, de um descaramento quase ingênuo, é espantosa, mas, pensando bem, o que mais a revista poderia dizer além de alegar que foi mera coincidência? Qualquer resposta mais sincera provocaria uma reação de proporções inimagináveis – dos próprios leitores e de simpatizantes da tese Kamel-Magnoli.

Pois segue, em primeira mão, a resposta sincera que a Crescer gostaria de ter enviado à leitora:

Ericka,

Tudo bem? Nunca tínhamos ouvido falar do seu blog e confessamos que essa não foi uma maneira agradável de conhecê-lo.

De qualquer maneira, primeiro gostaríamos de esclarecer que só respondemos, em geral, e-mails elogiosos. Ou os que, sendo críticos, podemos manejar a nosso favor, já que não gostamos de alimentar debates polêmicos com nossos leitores.

De fato, quase nunca temos capas com crianças negras, e não é difícil entender por quê. Cerca de 90% dos nossos leitores são brancos e nossas pesquisas mostram que eles preferem crianças brancas às negras em nossas capas – as mais populares são as de olhos verdes ou azuis. Na verdade, suspeitamos que mesmo parte dos nossos poucos leitores negros e mulatos, desde sempre expostos a um padrão caucasiano de beleza, tem uma leve preferência pelas crianças brancas.

Ainda assim, pelo sim pelo não, sempre procuramos incluir crianças negras – e amarelas também – aqui e ali, justamente para evitar comentários inconvenientes. No entanto, provavelmente teremos de aumentar essa proporção, já que você, com certeza, vai pesquisar nossas edições passadas para checar se isso é verdade.

Gostaríamos que você entendesse que a revista é um negócio e fazemos as opções editoriais que acreditamos ser capazes de nos render mais leitores e mais publicidade. Infelizmente, nossos anunciantes não ligam muito para o público negro; mas quem sabe com a ascensão da classe C, não é? Sugerimos que faça uma reflexão e tente compreender que somos um produto da sociedade, e nossa sociedade não vai muito bem, convenhamos. Temos nossa responsabilidade social, especialmente por sermos um veículo jornalístico, mas sinceramente não somos heróis e não estamos aqui para resolver os problemas do mundo.

Esperamos continuar tendo você como leitora e não perca nossa próxima matéria de capa sobre “como estimular o respeito às diferenças nas crianças”.

Anúncios

2 Respostas to “A resposta sincera da Crescer

  1. Ane Gotlib said

    Não lembro de ter respondido a pergunta “qual a cor da sua pele?” quando assinei uma revista dessa editora. Se são 90% brancos, como vc disse, mostre-me dados e não afirmações de um senso comum que vc julga estar correta. O que o blog fez sim foi correto, mostrou em números algo que a Crescer deveria sim responder ou praticar diferente e não mostrar apenas um Brasil branco que só existe neste mundo ideal racista.

  2. rchia said

    Prezada Ane, talvez não tenha ficado claro, mas o texto é irônico.
    De qualquer forma, pela reação nem um pouco veemente dos leitores da revista no Twitter e no Facebook, é difícil acreditar que essa questão esteja entre as que consideram mais relevantes – infelizmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: