Ladeira a baixo

abril 24, 2009

Em 2000, no dia do tombo da Nasdaq, eu estava em frente a um terminal da Bloombeg, traduzindo notinhas para uma agência de notícias brasileira. Esse era o meu trabalho na época.

As primeiras notas sobre a crise tinham apenas o tamanho da queda (maior a cada nota) no índice da bolsa americana. Depois começamos a tentar entender o que estava acontecendo.

O repórter que me substituía em frente ao terminal chegou e me despedi dizendo que ia voltar para casa – se ainda houvesse casa.

Era estranho ver o tom de apocalipse nas notícias internacionais e não conseguir imaginar como aquilo poderia ter algum efeito sobre a vida dos mortais comuns aqui no Brasil.

E acabou não tendo. Foi a tal crise em V. As ações caíram, as ações subiram e todos viveram felizes até a crise seguinte.

Oito anos depois veio a crise seguinte. Ela veio mais de vagar: está crescendo há quase um ano. E não é em V.

Nessa crise, dá pra ver o que significa a queda na riqueza, o que acontece quando alguns milhões de pessoas descobrem que são menos ricas do que pensavam (elas passam a comprar menos). E dá pra ver como isso afeta a vida de agricultores no interior da África (o preço do que eles vendem cai).

A outra crise afetou pouco o consumo. A atual veio de uma bolha no preço dos imóveis (com imóveis comprados com empréstimos e a responsabilidade pelos empréstimos repassada a bancos mal administrados). O nó é maior e mais complicado.

Mas isso não é novidade. A notícia ruim da semana é que as previsões para o futuro continuam piorando. A última projeção do FMI foi bem abaixo das anteriores.

E a outra notícia ruim é que os políticos daqui – notadamente o presidente – reclamaram da previsão, em vez de assumir que a crise ainda vai longe.

Portal da crise - Museu D'Orsay

Portal da crise - Museu D'Orsay

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: