Equivalência, ou o fantasma de Ricardo

março 21, 2009

Imagine que o governo americano anunciasse hoje que, daqui a cinco anos, vai aumentar – bastante – os impostos. O que os consumidores gringos fariam?

O que quer que seja, é bom eles já irem começando a fazer. A estimativa do Escritório de Orçamento do Congresso americano para o déficit público de lá subiu para US$ 1,85 trilhão. Isso quer dizer que a dívida do governo deve subir US$ 1,85 tri este ano e, algum dia, a arrecadação vai ter que aumentar para o governo re-equilibrar as contas (e pagar parte da dívida).

O aumento de impostos pode não acontecer daqui a cinco anos, nem daqui a dez. Mas, para as famílias preocupadas com o futuro de seus filhos e netos, um déficit público gigante é um estímulo para poupar.

O fantasma de David Ricardo não assombra os governos apenas quando criam barreiras alfandegárias (que empobrecem os países, segundo o princípio das vantagens comparativas de Ricardo). Quando aumentam absurdamente suas dívidas, os governos também batem de frente com o economista inglês.

Mas, diferente da teoria das vantagens comparativas, a equivalência ricardiana  – a idéia de que as famílias podem poupar para enfrentar um aumento futuro de impostos – nunca foi comprovada na prática. 

Se não servir para mais nada, essa crise vai, pelo menos, aumentar a quantidade de números nos bancos de dados – e talvez, algum dia, ajudar a provar a tese de Ricardo.

O mundo é complicado e as famílias estão gastando menos por vários motivos. O aumento do gasto público estimula a demanda mas, quando aumenta o déficit público, pode gerar um efeito contrário também (não se sabe de que tamanho).

O resumo da história é que os efeitos da política do governo americano para combater a crise são menos previsíveis do que parecem. E, sim, aumentar a dívida pública pode desestimular – ainda mais – o consumo das famílias nos próximos anos. 

 

Consumidores em época de crise - Museu Rodin - 2008

Consumidores em época de crise - Museu Rodin - 2008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: