No cheque especial

setembro 17, 2008

“Qualquer ação governamental que de modo implícito ou explícito comprometa a renda futura reduzirá o incentivo para se investir no futuro. Coisas como inflação alta, ágio elevado no mercado paralelo, taxa negativa de juros reais, alto déficit orçamentário, restrições ao livre comércio e serviços públicos deficientes criam incentivos fracos para o crescimento.”

 

 Esse trecho é do Elusive quest for growth, livro do ex-economista chefe do Banco Mundial William Easterly. A edição brasileira, lançada em 2004, teve o curioso título de O espetáculo do crescimento.

 

O livro fala sobre as malfadadas estratégias do Banco Mundial para desenvolver os países subdesenvolvidos. Mas, relendo o trecho acima, não consigo deixar de pensar nos Estados Unidos. Fora o prêmio do paralelo – diferença entre a cotação oficial do câmbio e a do mercado paralelo – os EUA fizeram todo tipo de besteira que compromete a renda futura. E, ao mesmo tempo, estimulam o consumo das famílias.

 

O resultado: cada vez mais estão vivendo acima da sua renda…

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: