Do porão à televisão

maio 29, 2008

Em 1998, uma menina austríaca de dez anos foi seqüestrada, iniciando um período de oito anos de reclusão num porão minúsculo. Agora, aos 20, ela vai apresentar um programa na rede Puls 4. Uma pergunta singela: só eu acho essa história meio bizarra?

Anúncios

2 Respostas to “Do porão à televisão”

  1. Trovão said

    O critério dos diretores de programação para escolher o que vai pro ar é bizarro mesmo. De Luciana Gimenes a atrações do Ratinho, a gente também não escapa disso. O pior é o nome que os diretores de programação dão à sua referência para escolher essas coisas: gosto do público.

    Não por coincidência, o autor do razoável “A arte de escrever ao gosto do público” – livro francês de uns 200 anos atrás – foi o marquês de Sade.

  2. Cris said

    Não é só vc…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: